5 fontes de informação gratuitas para alimentar o auto-didacta em si

Numa entrevista que fiz num live, perguntaram-me quais é que eu achava que eram as principais valências de um freelancer. Sem hesitação, respondi logo que ser auto-didacta e empático tinham de estar no topo da lista de um freelancer, pois um profissional que tem de gerir a sua própria carreira deve saber alimentar e actualizar os seus conhecimentos e ser sensível o suficiente para lidar com emoções dos seus clientes (falarei mais sobre isso num outro artigo).

Neste contexto, já partilhei consigo alguns dos livros que alimentaram a empreendedora em mim, e agora é hora de partilhar que fontes de informação que estão disponíveis gratuitamente para o auto-didacta angolano, que tem acesso limitado à internet e somente Kwanzas para comprar material educativo que é vendido ao valor do dólar.

Sem mais delongas, veja abaixo a lista de fontes de informação gratuitas que preparei para si.


Livros em formato digital

livro digital

Ler em Angola é caro, pois os impostos ridiculamente altos deixam as livrarias com pouca margem de manobra. Porém, com a digitalização a devorar tudo que existe em 3D à uma velocidade fascinante, o preço de um bom livro ficou altamente reduzido e muitos até são disponibilizados ao público a custo zero.

Aproveite esta oportunidade para consultar bibliotecas virtuais como a Baixe Livros, e faça download de livros altamente aclamados, como “A arte da Guerra” de Sun Tzu, “A revolução dos bichos”, de George Orwell, entre muitos outros.  Mais do que isso, essa biblioteca tem livros de variadíssimos géneros, como didáticos, cursos, culinária, romances e até livros infantis de colorir (já baixei o meu).

Outra opção são os livros auditivos ou audiobooks, que são uma experiência semelhante às rádio-novelas, se ouvir um livro de ficção. Encontra-os no YouTube, simplesmente pesquisando ‘livros auditivos’. Faça download e pode convertê-los no formato que desejar.


Youtube

fonte de informação

E falando em YouTube, penso que é uma óptima ferramenta de educação para os que não têm uma relação muito forte com a leitura e preferem estimular o seu cérebro com imagens.

Esta plataforma veio revolucionar a forma como o espectador assiste imagens em movimento, dando-lhe mais poder de escolha. Com isso, fazedores de conteúdo audiovisual ganharam a liberdade de produzir conteúdos sobre uma infinidade de temas, como música, educação financeira, medicina, gastronomia, freelancing, etc.

Assim sendo, hoje consegue encontrar vídeos sobre como consertar o seu telemóvel, até documentários e filmes premiados. Aproveite! Escolha bem os canais que segue, crie as suas listas de reprodução e faça download do que quer assistir off-line.


Podcasts

Podcast

Ainda novos para mim, os Podcasts são como a rádio do século XXI. Até onde sei, são todos gratuitos e os tópicos abordados variam de astrologia para maternidade.

Pelos poucos que já ouvi, o formato de apresentação é um misto de notícias sobre o tema central e entrevistas, o que permite ao ouvinte escutar diferentes opiniões e ter até acesso directo ao convidado, pois normalmente eles deixam os seus contactos.

Diferente da maior parte das rádios angolanas, os Podcasts são temáticos, querendo com isso dizer que as notícias, entrevistas e debates serão sempre em torno do mesmo tema, seja ele livros ou carreira empreendedorismo digital.


Google

fonte de informação

Parece óbvio, mas sinto que tinha de mencionar uma das maiores fontes de informação do mundo pela simples razão de que, se vive em Angola, é provável que use a Google.co.ao ou então .pt. Talvez o seu computador faça isso automaticamente. No entanto, aconselho-o a usar sempre o domínio Google.com. Isso porque os resultados de pesquisa que obterá dependerão muito do domínio que utilizar e o Google.com é o mais rico em informação.

Dito isso, a Google é um buraco negro de informação, onde poderá encontrar documentos valiosos em PDF, blogs muito informativos e websites úteis para o seu desenvolvimento. Explore!


Amigos sábios

amigos inteligentes

“Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.”, já diz o ditado. Somente depois de perceber o verdadeiro significado dessa frase, percebi que afastar-me de pessoas que representavam algo que eu não queria ser não era crueldade, mas sim salvação.

Busque desenvolver amizades que lhe acrescentem, lhe agreguem valor e desafiem as suas teorias existenciais. Isso não significa que temas banais ou lúdicos devam ser excluídos da sua roda de amigos. Pelo contrário, esse tipo de tema desenvolve a sua parte emocional, que é tão importante quanto a intelectual.

Pondo isso de uma forma mais prática, analise como é que os seus amigos lhe fazem sentir, se o fulano ou o sicrano lhe ajuda a evoluir, a lutar pelos seus objectivos, a ser uma pessoa melhor. Analise também se as suas amizades o desafiam, fazem-lhe aprender coisas novas, ou se vivem no passado e alimentam-se de lamúrias.

Tente também fazer parte de comunidades online, onde encontrará pessoas com objectivos semelhantes aos seus. Lembre-se que você é o resultado das seis pessoas com quem mais convive.

Conclusão

Em suma, nos tempos da internet, encontrar e acumular sabedoria nunca foi tão fácil. Faça com uso dos seus filtros intelectuais, escolha o que vale a pena absorver e que fontes de informação usar.

Agora que já sabe como tornar-se num cientista de graça, o quê que o impede de ser um pacato cidadão que usa a sua sabedoria para tornar Angola num país melhor?

Eduque-se e não se esqueça de ser um péssimo infeliz no processo.

CONSULTORIA EXPRESS
A informação será transferida para o MailChimp ( + info )
O SEU NEGÓCIO TRANSFORMADO EM 1H. A oportunidade de partilhar os seus desafios de autonomia profissional, em busca de respostas que lhe possam ajudar. Os 5.000Kz mais bem investidos da sua vida!
O seu email será somente usado para os fins indicados.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *