A importância do autoconhecimento no empreendedorismo

Segundo a psicologia, “autoconhecimento é o conhecimento que um indivíduo tem de si mesmo”. Ou seja, a capacidade de olharmos para nós mesmos e reconhecermos todas as nossas facetas, incluindo pontos fortes e áreas a melhorar. Para além disso, com o autoconhecimento ganhamos consciência das nossas limitações e de como usá-las a nosso favor.

Por isso, acredito que tanto na vida pessoal, como no mundo do empreendedorismo, o autoconhecimento serve-nos como ferramenta de vantagem competitiva, pois impulsiona-nos a avançar com o melhor recurso que temos – nós mesmos.

Ler também: 5 dicas de bem-estar durante a quarentena

Porquê que o autoconhecimento é importante no empreendedorismo?

empreendedorismo

Para além do que mencionei acima, o autoconhecimento tem-me ajudado a evitar cometer erros repetidos, como dizer “sim” quando devo dizer “não”, aceitar parcerias que não estão de acordo com os meus objectivos nem valores e, consequentemente, conhecer-me bem ajuda-me a ser muito mais produtiva, pois aprendi a fugir das armadilhas da procrastinação.

Com tudo isso, tenho aprendido a navegar com mais confiança no mundo do empreendedorismo e construido relações mais autênticas e transparentes, pois sei bem o que quero e como me comunicar em relação a isso.

E como fazer é melhor do que falar, partilho abaixo algumas dicas de como podes trabalhar no teu autoconhecimento e aproximar-te da sustentabilidade no empreendedorismo:

empreendedorismo
  • Olha para o teu histórico de maneira honesta e imparcial: acredito eu que a definição da nossa identidade começa no reconhecimento do nosso passado. Quero com isso dizer que, se analisares o teu passado, provavelmente vais encontrar padrões de comportamento que te definem hoje e que podes usar como base de quem queres ser daqui para frente. No livro Comece pelo porquê, o autor Simon Sinek partilha exercícios de autoconhecimento que nos estimulam a extrair lições das nossas histórias de vida.
  • Faz exercícios que te motivem a olhar para ti, de dentro para fora: para além do exercício acima mencionado, existe também o exercício dos sete porquês, que o milionário Dean Grasiozi partilha no seu livro Hábitos Milionários. O mesmo consiste em fazeres-te uma pergunta inicial e usares as respostas para perguntares “porquê” sete vezes. Baixa aqui o exercício para perceberes melhor.
  • Ouve o que os outros têm a dizer sobre ti: outro exercício que dou sempre aos meus coachees para fazer é o de enviar três perguntas à 20-30 pessoas que os conheçam e registar as respostas em duas nuvens de palavras – a nuvem dos pontos fortes e a nuvem dos pontos a melhorar. As perguntas são:
  1. Quais são as três melhores coisas sobre mim?
  2. Quais são três coisas que achas que devo melhorar?
  3. Dá-me uma sugestão de como melhorar

Atenção, que é melhor estares preparadx para as respostas, pois uma coisa é nós olharmos para o espelho e outra, bem diferente, é o espelho olhar para nós.

Conclusão

Agora, aconselho-te vivamente a experimentar alguns, se não todos os exercícios mencionados, pois o autoconhecimento vai liberta-te e empodera-te tanto a nível pessoal como no mundo do empreendedorismo.

Ganha coragem de te conheceres de várias perspectivas e prepara-te para as partes que não estavas prontx para encarar. E assim, será muito mais fácil ser um(a) péssimo(a) infeliz 😉

CONSULTORIA EXPRESS
A informação será transferida para o MailChimp ( + info )
O TEU NEGÓCIO TRANSFORMADO EM 1H. A oportunidade de partilhar os teus desafios de autonomia profissional, em busca de respostas que te possam ajudar. Os 30.000Kz mais bem investidos da tua vida!
O seu email será somente usado para os fins indicados.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *