Como definires o preço dos teus serviços

Depois de escolher a ideia de negócio mais viável, penso que atribuir um preço justo aos nossos serviços é a tarefa mais difícil. Quando iniciante, tem-se a tendência que cobrar um preço abaixo do valor do mercado como estratégia de entrada. Porém, a longo prazo percebemos que essa não é necessariamente a estratégia mais sustentável para o nosso negócio.

Ler também: Como identificares a tua melhor ideia de negócio

Assim sendo, a pergunta que dá a dor de cabeça que não queremos ter é: que preço devo cobrar pelos meus serviços? E para respondê-la precisas de saber primeiro quanto é que precisas de ganhar.

Parece óbvio, mas muitas pessoas não fazem o rastreamento das transacções das suas contas bancárias, por isso poucas seriam capazes de responder com precisão a pergunta acima. Mas como eu estou aqui para simplificar a tua vida, faz o seguinte:

  • Primeiro, determina as tuas despesas básicas pessoais. Ou seja, faz a somatória de quanto é que gastas por um período de tempo. Aconselho-te a definir este número somente depois de 3 a 6 meses de registo das tuas despesas, pois estamos à busca da média, que passará a ser o salário mensal que o teu negócio te vai pagar
  • A seguir, determina que despesas correntes o teu negócio terá, após teres feito a tua pesquisa de mercado
  • No final, e também derivado da pesquisa de mercado, faz um incremento de pelo menos 25%, dependendo dos preços actualmente praticados

Soma os dois primeiros montantes (despesas pessoais + despesas do negócio) e acrescenta-lhe os 25%, de acordo com o preço ao qual o mercado estiver acostumado. Lembrando que estás em busca de um total mensal ou anual.

Para ilustrar melhor, supúnhamos que os teus números sejam os seguintes:

  • Despesas pessoais: AKZ 150.000
  • Despesas do negócio: AKZ 50.000
  • Total: AKZ 200.000 (25% = AKZ 50.000)
  • VALOR MENSAL NECESSÁRIO: AKZ 250.000

Ler também: Como gerir o teu dinheiro para teres um negócio próprio

Tendo então obtido o teu valor mensal ideal, segue os passos abaixo para definires o preço mínimo dos teus serviços:

  • Divide o valor mensal por 22 diais úteis

Exactamente! Mesmo que trabalhes mais dias no mês, faz sempre os teus cálculos como se trabalhasses de maneira convencional, pois assim defines as tuas expectativas de ganhos dentro do limite mínimo de dias que vais trabalhar

  • Divide por 8 horas de trabalho por dia

Uma vez mais, faz a divisão de acordo com o que é praticado no mundo corporativo, pois os clientes devem pagar-te tanto pelas horas que estás activamente a trabalhar com eles, como também pelas horas que estarás a trabalhar para eles. Por exemplo, eu como coach, tenho sessões com os meus clientes de 2h por semana. Porém, eu trabalho cerca de 4h na preparação de cada sessão.

Se souberes o valor da tua hora individual de trabalho, saberás o mínimo que estarás dispostx a cobrar, estabelecendo assim um preço consciente.

  • Faz um incremento de 25% a 50%

Agora que já sabes quanto é que vale a tua hora, aconselho-te a incrementares o seu valor, pois ao fazeres o cálculo das horas, vais ver que não é um valor muito alto e também pelo facto das tarefas levarem mais tempo do que tinhas previsto (acredita em mim! Dica de profissional).

Para além disso, é pouco provável que consigas cobrir os 22 dias úteis de trabalho pago, principalmente no início. Sem dizer que, a intenção, ao ter-se o próprio negócio, é de trabalhar menos.

Pondo a explicação em números:

  • AKZ250.000/22 dias= AKZ 11.364
  • AKZ 11.364/8h = AKZ 1.420 (25% = AKZ 355)
  • VALOR A COBRAR POR HORA = AKZ 1.775

Com esse valor significa que, com clientes que te dessem o equivalente à 15 dias úteis de trabalho, já conseguirias cobrir as tuas despesas básicas e os restantes clientes seriam para cobrir o valor que te deixaria algum espaço de manobra financeiro.

Para além do mais, não te esqueças que vais precisar de cobrir as horas em que estarás a trabalhar para ti, para o desenvolvimento do teu negócio. Por isso, não adoptes uma estratégia de precificação que te faça passar fome.

E assim declaro-te apto para definires o teu preço de maneira justa e prática. Fazendo-o dessa forma, só te restará ser um(a) péssimo(a) infeliz quando o dinheiro cair na conta ;).

SESSÃO DE LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES
A informação será transferida para o MailChimp ( + info )
Gostaria de marcar uma sessão de avaliação para saber como tirar a minha ideia de negócio do papel ou tornar o meu actual negócio sustentável
O teu email será somente usado para os fins indicados.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *